ASSOCIAÇÃO DAS ENTIDADES TRADICIONALISTAS DE CANOAS

(AETC)

 

AMOSTRA FOLCLóRICA DE CULINÁRIA CAMPEIRA

 

Apresentação:

         

A AETC promove na área campeira a IIIª Mostra de Culinária Campeira, com embasamento nas Tradições do Rio Grande do Sul. O objetivo da Mostra e valorizar a culinária campeira do Rio Grande do Sul.

 

Do objetivo Geral:

 

Valorizar e promover a culinária Gauchesca, mais precisamente o viés campeiro, que é praticado nas cozinhas dos Piquetes residentes na área campeira e dos CTGs, na área artística, do Parque Eduardo Gomes.

 

1-    Do Objetivo Específico:

 

1.1-        Elevar o nível cultural dos participantes através da Culinária Gauchesca, desenvolvendo neles o interesse pela pesquisa de novas receitas.

1.2-        Mostrar as habilidades culinárias, campeiras das diferentes regiões do Estado, evidenciando as influências étnicas dos colonizadores do Estado do Rio Grande do Sul.

1.3-        Suprir anseios da sociedade tradicionalista Gaúcha, no resgate de pratos já há tempos esquecidos ou desconhecidos da maioria dos rio-grandenses.

1.4-         Assegurar a autenticidade das receitas por meio de relatos populares, escritos em livros e cadernos de antepassados.

1.5-         Promover o intercâmbio cultural e tradicional do Rio Grande do Sul em nível regional e estadual, abrindo perspectivas de amplitude além de nossas fronteiras.

1.6-        Promover a harmonia, a integração e o respeito evitando a projeção de vaidade pessoal ou o personalismo entre os participantes, visando sempre o bem comum, o resgate e a valorização da nossa cultura.

 

Regulamento:

 

2- Das Categorias:

 

2.1- A Amostra desenvolve-se entre Prendas, Peões, Xirus e Chinocas, associados a uma entidade tradicionalista filiada a AETC.

 

3- Dos Candidatos:

 

3.1- Somente participarão candidatos que comprovadamente forem filiados a uma Entidade Tradicionalista de Canoas.

 

4- Da Participação:

 

4.1- Cada participante deverá organizar sua mostra no seu galpão, para ser avaliada, podendo decorar como melhor lhe prover.

4.2- Cada participante deve explicar aos avaliadores de forma verbal a origem e o preparo do prato.

4.3- As receitas deverão ser entregues aos avaliadores que passarão as mesmas para o responsável pelo evento.

4.4- Os participantes deverão usar ingredientes, temperos e condimentos comuns na culinária campeira, renegando óleos e ervas de outras regiões do país.

 

5- Da Avaliação:

 

5.1- A comissão avaliadora da amostra de culinária campeira, será designada pela AETC, composta por 3 avaliadores, com conhecimento na área.

5.2- Serão avaliados, apresentação, origem do prato, oralidade, desenvoltura e sabor.

5.3- A comissão avaliadora é soberana na sua decisão.

 

Qualquer dúvida que não tenha sido esclarecida pelo Regulamento analisada pela Diretoria de Cultura.

 

6- Da Premiação:

 

6.1- Serão premiados com troféus, o 1º, 2º e 3º lugar, que melhor se classificar na apresentação da Mostra.

 

 

ASSOCIAÇÃO DAS ENTIDADES TRADICIONALISTAS DE CANOAS

(AETC)

AMOSTRA FOLCLóRICA DE CULINÁRIA CAMPEIRA

 

 

Ficha de Inscrição

 

 

Entidade:

 

Nome:

 

Prato:

 

Contato:

 

 

 

 

              Ass. Patrão

                                                                                                                            ____________________